Desastres naturais

Terremotos. Tsunamis. Problemas que podem acontecer aqui. Que têm grande chances de acontecer no Canadá.

No dia do terremoto do Japão, estava indo de manhã para o trabalho e ouvi a notícia pelo rádio. Tinha até um alerta para tsunami em Tofino, que é a cidade mais a oeste. A Ilha de Vancouver acaba por proteger a cidade de Vancouver. As praias aqui não têm nem ondas.

No fim das contas as ondas em Tofino tiveram só uma leve elevação. O que provavelmente fez a alegria dos surfistas, já que lá já é um point deles.

Depois do acontecido no Japão, as pessoas começaram a ficar mais preocupadas. Todos estão a espera do grande terremoto. Mais cedo ou mais tarde vai acontecer. Tanto aqui quanto na Califórnia. 

Quando antes os terremotos eram no Haiti, Chile, China e Nova Zelândia a preocupação existia só que não era tão grande. Quando o país desenvolvido e considerado o mais preparado para terremotos teve tantos problemas, uma luz vermelha a mais acendeu. 

Tem muita gente procurando palestras e cursos sobre o tópico. Tem muita gente comprando kits de sobrevivência e estocando algumas comidas em casa.

O que as instruções para o caso de haver um desastre natural dizem é que todos têm que se preparar para sobreviver por si só, sem ajuda, pelas primeiras 72 horas. Claro, se seu prédio ou casa continuar em pé.

Uma das consequências do desastre no Japão é também a preocupação da radiação das usinas nucleares chegar aqui. Teoricamente existe um corredor de ventos que sopra direto de lá para Vancouver.

Todas as autoridades dizem que não há risco, que a radiação vai se dissipar antes de chegar porque é muito longe. Será? Será que as declarações são só para evitar pânico?

De qualquer jeito, o iodeto de potássio está esgotado nas farmácias. Esse é um produto que faria o corpo assimilar menos radiação. Só que ao mesmo tempo faz a tireóide parar de funcionar. Num evento de contaminação por radiação, dos males o menor. Mas eu que não quero por precaução tomar nada disso e depois ter problemas na tireóide. 

Bom, não tem muita coisa o que fazer a não ser esperar. Pela radiação se chegar ou não. Pelo grande terremoto que vai chegar mais cedo ou mais tarde.

Uma resposta a Desastres naturais

  1. SIMONE diz:

    O Big one pode vir hj ou daqui 500 anos, espero que daqui 500 anos. Em todo caso, ja comprei agua e barrinhas de cereais e estoquei em casa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: