Copa do Mundo

Até agora a Copa do Mundo passou em branco aqui pelo blog. Mas não é nem porque está passando em branco por Vancouver. 

De início achei que as pessoas por aqui não fossem ligar muito. Afinal, o futebol pode ser mundialmente amado, mas a América do Norte parece ser um dos lugares onde o esporte passa mais despercebido.

Vancouver vai ter um time a partir do ano que vem disputando a liga norte-americana. Não sei se isso ajudará a aumentar o número de praticantes ou de audiência. Mas eles estão reconstruindo o BC Place para isso. Estão apostando no time pelo menos.

Outro dia li uma reportagem no jornal, acho que era o The Province, sobre o futebol no Canadá. Eles se perguntavam porque não estavam na Copa do Mundo, onde só estiveram uma vez, em 86. E terminava a matéria dizendo que eles não têm que pensar em ser melhor do que EUA e México, que estariam alguns passos a frente deles. Dizia que os esforços deles têm que ser para ser melhor que Honduras ou Costa Rica. Assim, de repente eles estariam em 2014 no Brasil.

Eles estão fora da Copa, mas o barulho que a competição está causando aqui é muito maior do que pensava. Tudo bem, é o maior evento esportivo do planeta. 

A CBC tem transmitido todos os jogos ao vivo às 4:30, 7:00 e 11:30 da manhã. E ainda escolhe dois para reprisar mais tarde. A CTV, que não tem os direitos de transmissão, até mandou repórteres top de linha para a África do Sul. O Vancouver Sun tem duas páginas inteiras sobre futebol!!

A prefeitura autorizou os pubs a abrirem mais cedo para os jogos de 4:30. Só que bebidas alcoólicas  só podem ser vendidas após as 9hs, ou seja, quando acaba o segundo jogo. Não é perfeito, mas é o que eles podem fazer.

Ontem estava ajeitando minha bandeira do Brasil na varanda, estava com medo que ela voasse por causa do vento, e nos cinco minutos ou menos que estava lá, duas pessoas passaram pela rua e gritaram Brasil. Um parecia ser ‘canadense’ e o outro indiano.

De gritos durante os jogos, só ouvi duas vezes. A primeira foi quando a Inglaterra marcou um gol contra os EUA. O outro no jogo do México contra a França. Bom, agora sei que tenho vizinhos por perto que são ingleses e outros mexicanos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: