Torcendo pelo Canadá

Sempre gostei de assistir aos Jogos Olímpicos, principalmente os de verão, e sempre torcia muito pelo Brasil. Quando assistia aos Jogos de Inverno, só assistia e não torcia por ninguém. Agora, estando aqui no Canadá, estando junto aos canadenses, vendo-os torcerem e mostrar o orgulho de ser canadense, acabo também torcendo pelo eles.

Não tenho pretensão de ser um canadense, nunca deixarei de ser brasileiro, e sempre que tiver um confronto entre os países minha torcida será pelo Brasil. Mas tenho me pego torcendo bastante pelos canadenses na tentativa de ganhar o maior número de medalhas na história deles.

Ontem teve uma competição de Patinação Artística e uma dupla canadense venceu. E foi tão emocionante vê-los ganhar e comemorar! Assim que terminaram a apresentação, a platéia aplaudiu muito e, ainda na posição final, vendo que tinham feito uma apresentação muito boa, deu para perceber lendo os lábios dele agradencendo a ela (e/ou a platéia) pelo o que tinham acabado de fazer.

Fim da apresentação de Tessa Virtue e Scott Moir (John Mahoney/ Canwest News Service)

 

Foi meio contagiante a emoção. O modo como eles foram ao pódio e cantaram com todo o pulmão e orgulho o hino canadense foi emocionante. E os dois ainda eram os mais jovens na história do esporte a vencer, eles têm 20 e 22 anos.

Após receberem as medalhas (Vicenzo Pinto/ AFP/Getty Images)

 

No domingo passado fomos assistir ao jogo de hóquei mais aguardado da primeira fase, Canadá e EUA. No final das contas os canadenses perderam. Mas perderam porque não jogaram com vontade. Parecia que se achavam os melhores e que poderiam ganhar quando quisessem, mas foram os americanos que realmente quiseram ganhar.

Aquela estória toda de os canadenses estarem indiferentes às Olimpíadas acabou no primero fim de semana, mesmo antes de ganharem a primeira medalha de ouro. Eles estão nas ruas juntos com os turistas o dia inteiro vestidos com as cores canadenses, principalmente com as camisas da seleção de hóquei. Sem esquecer as bandeiras. Quase todo mundo tem uma bandeira com a Maple Leaf.  As ruas estão tão apinhadas que parecem a Saara (no Rio) um pouco antes do Natal.

Tem umas câmeras ao vivo da Robson Street para quem quiser dar uma conferida no movimento da cidade: Robson Street.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: